Guia Pavê de Festivais: Balaclava Fest 2022 | Música Pavê

Todo festival é uma bela oportunidade de conhecer novas bandas, ou poder ver ao vivo pela primeira vez alguém que você já ouviu falar – isso, é claro, além dos tais headliners – os nomes que ocupam as posições privilegiadas nos cartazes que anunciam a programação do evento.

E mesmo quem não puder comparecer aos shows, pode se aproveitar da curadoria caprichada do festival para acumular novos favoritos. Por isso, o Música Pavê compila dicas do que os eventos ao redor do Brasil oferecem de melhor para além de suas atrações principais.

Balaclava Fest

Quando?

23 e 24 de abril

Onde?

Central (antigo Red Bull Station), em São Paulo

Na Programação:

ÀIYÉ | Apeles convida YMA | Gab Ferreira convida Tuyo | Lupe de Lupe | E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante | Holger | Saskia | Raça convida Brvnks | Walfredo em Busca da Simbiose convida Pluma

Ingressos:

Plataforma Ingresse.

Jennifer Souza

Intimismo, palavra que acompanha o trabalho de Jennifer Souza, certamente irá permear a atmosfera do show da cantora e compositora mineira no sábado (23), no Balaclava Fest. As músicas de Pacífica Pedra Branca, segundo álbum solo da artista, prometem um repertório leve e com uma sonoridade cativante, transitando entre o indie folk e o jazz. (Thaís Ferreira)

Moons

O som de Moons poderia ser facilmente o de uma conhecida banda do folk britânico. Mas existe na atmosfera da banda um ar de tranquilidade e contemplação que só pode ter origem nas montanhas de Minas Gerais. Sem pressa, a banda desenrola belos arranjos e brinca com os limites dos gêneros musicais, em canções mais minimalistas. No festival, o grupo deve fazer ressoar o ambiente delicado e intimista que as canções proporcionam com show no sábado (23). (Guilherme Gurgel)

Odradek

O entardecer do sábado (23) ganha o math rock do trio, com show que deve passear por sua discografia e dar pistas de seu próximo disco, o já anunciado Liminal. Vem dele o single Canary Wharf, lançado nesta semana, que por si só já vale a ida ao Palco Club do festival para ouvir esse som ao vivo. (André Felipe de Medeiros)

terraplana

A banda curitibana integra a programação do festival após vencer um concurso disputado por mais de 800 artistas. Seu mais recente single, uma versão de Na sua Estante (Pitty), é um bom exemplo de como o clássico shoegaze é empregado e reinterpretado pela banda. Ouvir terraplana ao vivo é sempre uma experiência à parte: guitarras distorcidas e vozes etéreas se misturam para criar uma atmosfera obscura e extasiante. A banda abre o Palco Club no dia 24. (Marília Ferruzzi)

Bebé

Aos 18 anos, Bebé sobe ao palco do Balaclava Fest (domingo, 24) no momento em que sua carreira começa a dar novos passos. Após lançar seu disco de estreia no ano passado, a artista vem se consolidando como uma das vozes do futuro (e do presente) do jazz brasileiro. Bebendo também do R&B, Bebé apresenta um som sobre amadurecimento e não perde o frescor da juventude. Para quem vai ao festival, é a oportunidade de assistir a um talento em ascensão. (Guilherme Gurgel)

gorduratrans

Eis outra banda que chega ao festival com novidades – no caso, o single enterro dos ossos, primeiro single do próximo álbum do duo. O show no sábado (23) trará o rock alternativo ora ruidoso, ora dissonante e sempre muito caprichado do duo da Baixada Fluminense (RJ). Do tipo de som que adoramos escutar nos fones de ouvido, mas que encontra seu habitat natural nos palcos. (André Felipe de Medeiros)

Gabriel Ventura

Quem sente falta de ouvir ao vivo a inquietação na voz de Gabriel Ventura, dos tempos em que a banda Ventre estava em atividade, poderá matar essa saudade no domingo (24). Agora em carreira solo, o cantor, compositor e guitarrista apresentará no festival o seu ótimo álbum de estreia, Tarde, que se destaca pelas letras pungentes e pelo instrumental detalhado. (Thaís Ferreira)



We wish to say thanks to the author of this post for this incredible web content

Guia Pavê de Festivais: Balaclava Fest 2022 | Música Pavê

Fuzzy Skunk