Índia Irá Lançar Sua Nova Missão Para a Lua a Chandrayaan-3 em Agosto de 2022

A Índia planeja tentar pousar na Lua novamente, dessa vez com a missão Chandrayaan 3, que deve ser lançada em agosto de 2022.

Em 2019, o módulo de pouso Vikram da missão Chandrayaan 2 colidiu com a Lua no final do processo de pouso. Dessa missão restou o módulo orbital que continua estudando a Lua.  Logo após o impacto , a Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO), a NASA da Índia, anunciou que pretendia lançar rapidamente uma missão sucessora para tentar o pouso novamente.

Mas então a pandemia do COVID-19 se espalhou pelo mundo, freando todos os tipos de missões espaciais e interferindo em muitos dos lançamentos planejados da Índia. Agora, a agência está pronta para colocar uma nova data em seu retorno à Lua , visando um lançamento em agosto de 2022, pouco mais de três anos após seu antecessor decolar. Diga-se de passagem, a Índia foi um dos países mais afetados pela pandemia, e o programa espacial indiano foi, talvez, o que mais sofreu com tudo isso até agora.

“Desta vez, seremos mais cautelosos”, disse o ministro do Espaço Jitendra Singh ao Times of India . “Devo dizer a vocês que nenhum país conseguiu pousar na Lua na primeira tentativa. Os EUA conseguiram pousar na Lua depois de falhar três vezes na década de 1960.” Singh revelou o novo cronograma de lançamento em uma declaração de 2 de fevereiro de 2022 .

A cautela da ISRO se traduziu em várias mudanças de design destinadas a melhorar as chances de sucesso do Chandrayaan 3 em comparação com o módulo de pouso Vikram acidentado. Por exemplo, a nova missão não incluirá um módulo orbital com capacidade científica como a espaçonave Chandrayaan 2 que ainda orbita a lua, disse o presidente da ISRO, S. Somanath, ao Times of India no mesmo artigo. Talvez tenham aprendido com a China, que sempre mandou suas missões de pouso para a Lua sem ter um módulo orbital que ficasse ali trabalhando.

“Este módulo orbital não será carregado com instrumentos científicos como o anterior”, disse Somanath. “Seu trabalho será limitado apenas a transportar o módulo de pouso para a lua, supervisionar o pouso de sua órbita e se comunicar entre o módulo de pouso e a estação terrestre”.

chandrayaan 3 02

Além disso, o novo módulo de pouso incluirá apenas quatro motores; No final do processo de design, os engenheiros adicionaram um quinto motor ao módulo de pouso Vikram, de acordo com o Times of India . O módulo de pouso de segunda geração também contará com um design ligeiramente diferente para as pernas de pouso e incluirá um instrumento que pode medir com mais precisão a velocidade do módulo de pouso à medida que se aproxima da superfície lunar.

A missão Chandrayaan 3 será lançada do Centro Espacial Satish Dhawan no topo de um foguete do Veículo de Lançamento de Satélite Geossíncrono Mark III, o famoso GSLV III, de acordo com a SpaceNews . A ISRO ainda não divulgou detalhes sobre o cronograma pós-lançamento; a Chandrayaan 2 alcançou a órbita lunar 30 dias após o lançamento e tentou pousar 48 dias após o lançamento.

A missão Chandrayaan 3 está mirando o mesmo local de pouso na região polar sul da lua que o Vikram alvejou em 2019. Se tudo correr bem, a Índia se tornaria o quarto país a pousar com sucesso na lua, depois dos Estados Unidos, Rússia e China, embora nenhum desses países tenha ainda desembarcado no polo sul lunar que deve ser rico em gelo.

Fonte:

https://www.space.com/india-chandrayaan-3-moon-mission-august-2022

We want to say thanks to the writer of this short article for this remarkable web content

Índia Irá Lançar Sua Nova Missão Para a Lua a Chandrayaan-3 em Agosto de 2022

Fuzzy Skunk